IPR Central Assis

CRIANÇA ESPERANÇA

Existem muitas datas comemorativas no nosso calendário. No mês de outubro, por exemplo, comemora-se o dia da criança. Diferentemente da data escolhida pela ONU para comemoração do Dia Mundial da Criança, 20 de novembro, o Brasil escolheu o dia 12 de outubro, oficializada pelo Decreto Presidencial nº 4867, de 5 de novembro de 1924. A data efetiva da comemoração varia de país para país.
Será mesmo que na contemporaneidade as crianças têm muito a comemorar nesse dia, quando milhares delas são vítimas de abusos praticados por adultos, muitas vezes dentro de suas próprias casas, ou mesmo por aqueles que tem o dever legal e moral de protege-las???
Quando falamos do dia das crianças, a primeira imagem que vem é de uma criança criada em um lar cristão, onde reina a paz, o amor, a harmonia. Visualizamos presentes e um belo sorriso que brotam da alma da criança.
No entanto, não se desconhece que anualmente, milhares de crianças são vítimas de abusos sexuais, pedofilia e prostituição infantil, fome, desnutrição, exploração do trabalho infantil, analfabetismo, violência, falta de assistência médica e hospitalar. Vítimas de irresponsabilidades por parte de muitos adultos que as põe no mundo sem qualquer compromisso e depois as abandonam à sua própria sorte. São milhares de processos tramitando nos Tribunais de todo o país contra pais que se recusam em prover o mínimo necessário para os filhos, como alimentos e demais necessidades, numa verdadeira afronta aos princípios cristãos e até mesmo ao Estatuto da Criança e do Adolescente.
Deixando um pouco de lado os interesses comerciais que permeiam a data e o desrespeito que muitas vezes impera em relação às crianças, voltamos os olhos para o cristianismo. Como é sabido, [...]

INDEPENDÊNCIA OU MORTE!

No dia 07 de setembro de cada ano comemora-se no Brasil o Dia da Pátria, também chamado Dia da Independência do Brasil. É um dia importante para os brasileiros, porque foi nessa data, no ano de 1822, que o Brasil declarou a sua Independência do Império Portugues.
Assim como nenhuma mudança política acontece por acaso, a independência do Brasil também decorreu de um processo provocado por grupos que se originaram no Brasil, em oposição ao projeto de recolonização por parte da Corte, muito embora o rompimento político com Portugal fosse o desejo da maioria dos brasileiros.
Durante o ano de 1821 a situação do Brasil permanecia indefinida, até que no dia 9 de dezembro, chegaram ao Rio de Janeiro alguns decretos originados das Cortes que determinavam a abolição da Regência, o imediato retorno de D. Pedro de Alcântara a Portugal, a obediência das províncias a Lisboa (e não mais ao Rio de Janeiro), e a extinção dos tribunais do Rio de Janeiro. A nova conjuntura favoreceu a polarização revolucionária: De um lado o partido português e do outro, o partido brasileiro com os liberais radicais, que passaram a agir pela independência.
Em 7 de setembro, ao voltar de Santos, parado às margens do riacho Ipiranga, D. Pedro recebeu uma carta com ordens de seu pai para que voltasse a Portugal e se submetesse ao rei e às Cortes. Vieram juntas outras duas cartas, uma de José Bonifácio, que aconselhava D. Pedro a romper com Portugal, e a outra da esposa, Maria Leopoldina de Áustria, apoiando a decisão do ministro.
Impelido pelas circunstâncias, com a famosa frase: “Independência ou Morte!”, D.Pedro rompeu os laços da união política com Portugal. Apos [...]

Grande Congresso de Cura e Libertação

Convidamos toda a Igreja para participar de um Grande Congresso de Cura e Libertação que acontecerá em nossa Igreja Presbiteriana Renovada Central de Assis, nos dias 09,10 e 11 de agosto.
O preletor será o Pastor Márcio Francisco Leme Afonso, da cidade de Curitiba/PR.
Pastor Márcio Leme é um homem de Deus e que tem se destacado na área de cura e libertação, sendo usado nas poderosas mãos do Senhor.

Contamos com a sua presença e de toda sua família. Convide seus amigos, pois Deus fará grandes coisas em nosso meio.

Reunião Presbiterial na IPR Central

No último dia dezessete de julho tivemos a honra em hospedar mais uma reunião do presbitério de Assis, em nossa Igreja.
Foi um momento de grande edificação na presença de Deus e também de comunhão dos Pastores.
Cumprindo aquilo que a Palavra do Senhor nos ensina, é bom vivermos a união através de Cristo.
Pedimos aos irmãos que se lembrem nas suas orações de pedir a benção do Senhor sobre o nosso presbitério, para que cresça de acordo com a vontade de Deus, e também pelo nosso Pastor Josué, que é o Presidente do nosso presbitério.